Herpes – Como Evitar e Tratar

O herpes é um vírus de multiplicação rápida que apresenta três variações, sendo a mais comum a de tipo 2, conhecida também como herpes genital, que é transmitida durante a relação sexual sem proteção.

Para que você entenda um pouco mais sobre o herpes, e saiba como evitar e tratar essa doença, preparamos um artigo com informações importantes sobre o assunto.

Quais são os tipos de herpes?

Existem oito vírus diferentes da família herpes que causam doença nos seres humanos. Entre eles, os tipos 1, 2 e 3 são os mais comuns e provocam quadros semelhantes, com lesões na pele, além de serem recorrentes, desaparecendo e voltando depois de um período variável. Saiba mais sobre esses três tipos de herpes:

  • Herpes tipo 1 – herpes labial: se caracteriza por uma vermelhidão, ardência e o surgimento de pequenas bolhas. Surgem na região dos lábios ou na parte interna da boca. Nesse tipo de vírus, a infecção geralmente acontece durante a infância, através de secreções orais. Após isso, o vírus se aloja em um neurônio, e pode permanecer por lá durante toda a vida da pessoa, sem provocar nenhum sintoma, em estado de latência.
  • Herpes tipo 2 – herpes genital: também provoca vermelhidão, ardência e o aparecimento de bolhas, que depois de estourarem formam úlceras, mas, nesse caso, ela se dá nas regiões da vulva, do pênis e/ou ânus, ou ainda em regiões como as nádegas e virilhas. O primeiro contato com o vírus acontece ainda na adolescência ou na vida adulta, e as lesões podem ser muito fortes, a ponto de provocar ardência ao urinar e desconforto durante as relações sexuais. Além disso, sua presença aumenta o risco de contágio de outras doenças sexualmente transmissíveis.
  • Herpes tipo 3 – herpes zoster: também conhecida como vírus da varicela ou catapora. A infecção com esse vírus acontece normalmente na infância, e se dá através do contato com secreções orais, sendo seguida pelo quadro comum da catapora, com lesões avermelhadas por todo o corpo e pequenas bolhas.

Como evitar e tratar esse vírus?

A única maneira de evitar o contagio do herpes tipo 1 (herpes labial) é simplesmente evitando o contato com uma pessoa que esteja infectada e apresente os sintomas. Já a prevenção do herpes tipo 2 (herpes genital) pode ser feita através do sexo seguro, com camisinha. Para o caso do herpes tipo 3 (herpes zoster), também conhecida como varicela ou catapora, existem vacinas, que infelizmente, ainda não estão todas disponíveis na rede pública de saúde.

No Protocolo Definitivo para Acabar com Herpes, você também pode conferir várias dicas de prevenção e tratamento para acabar com a Herpes.

Já o tratamento de todos os tipos de herpes pode ser feito com o uso de medicamentos antivirais, mas somente em casos onde o paciente possui surtos muito graves ou prolongados, ou em casos onde a pessoa sofra com problemas imunológicos e/ou tenha recorrências frequentes. Na maior parte dos casos, onde o herpes surge de modo leve, sem muitos sintomas, não é necessário o tratamento.

O herpes é uma doença que uma vez infectado com esse vírus, ele poderá de manifestar em surtos por toda a vida da pessoa. Se você ficou interessado por esse assunto, e ainda possui alguma dúvida, assista ao vídeo no YouTube com o Dr. Ricardo Ferraz, onde ele explica melhor sobre o herpes, e maneiras de como evitar e tratar:

Postar um Comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*